27 de julho de 2016

h'OUR | PARCEIROS NA CRIAÇÃO

27.7.16
Aproveitando os finais de tarde solarengos que Lisboa nos tem brindado e tendo como pano de fundo o Torel Palace construído em Lisboa no ano de 1902, assistimos à apresentação das novidades da duriense Parceiros Na Criação (PNC).

Uma estreia absoluta – o h’OUR rosé – e três novas colheitas – branco 2015, tinto 2012 e azeite virgem extra de 2015. Com produtos no mercado desde 2013, a história da PNC começava a desenhar-se há precisamente 20 anos, quando o seu mentor, João Nápoles de Carvalho, se instalava na propriedade da família, em Barcos – Tabuaço, para gerir os destinos da vinha (12,5ha) e do pequeno olival (1ha). 

Se até 2009, a produção era de uva – vendida a uma casa de vinhos do Porto e Douro – e de azeite para consumo particular, o ano de 2010 marcou o ponto de viragem. Dessa vindima nasceram os primeiros vinhos: um branco de “teste” e a estreia do h’OUR tinto, lançado em 2013 (juntamente com o branco e o azeite de 2012). Na génese da PNC estão vinhos tipicamente durienses, feitos com castas autóctones, que se distinguem pela frescura e acidez natural, impressas pela altitude das vinhas (450 e 550 metros). Assumidamente vinhos com potencial de guarda.

A pedido do mercado – nomeadamente de um distribuidor do Algarve –, surge este ano o rosé, que assim faz aumentar o portefólio da PNC para cinco referências: branco, rosé, tinto, Touriga Nacional e azeite virgem extra. 

Deixamos o convite para degustarem estes maravilhosos vinhos e azeite, seguramente não se vão arrepender!



Taking advantage of the sunny late afternoons that Lisbon has been offering and with the backdrop of Torel Palace built in Lisbon in 1902, we witnessed the presentation of whats  new at the Douro company Parceiros na Criação (PNC).

A premiere - the rosé h'OUR - and three new crops - white 2015 red 2012 and extra virgin olive oil, 2015. With products in the market since 2013, the history of the PNC began to draw up precisely 20 years ago, whenhis mentor, João Nápoles de Carvalho, settled in the family estate in Barcos - Tabuaço, to manage the fate of the vineyard (12,5ha) and small olive grove (1ha).

By 2009, the production was grape - sold to a Porto and Douro wine house - and olive oil for private consumption, the year 2010 marked the turning point. From this vintage were born the first wines: a white "test" and the premiere of Red h'OUR, released in 2013 (along with white and olive oil 2012). The genesis of the PNC are typically Douro wines made from indigenous grape varieties, which are distinguished by freshness and natural acidity, printed by the altitude of the vineyards (450 and 550 meters). Admittedly wines with aging potential.

At the request of the market - in particular a distributor in Algarve - comes this year's rosé, which thus increases the portfolio of PNC to five references: white, rosé, red, Touriga Nacional and olive oil.

We leave the invitation to savor these wonderful wines and olive oil, certainly you will not regret it!

Sem comentários: