15 de setembro de 2016

GRANDE TRAIL SERRA D'ARGA NO TRILHO DA PRESERVAÇÃO

15.9.16
A sexta edição do Grande Trail da Serra D’Arga® (GTSA) tem um estatuto de “Edição Especial”. O verão foi quente e os incêndios deixaram feridas por todo o país. O Alto Minho não foi exceção. Mas o GTSA® é reconhecido por ser uma prova de superação, superando agora também a tendência geral para o cancelamento de provas em áreas ardidas. O GTSA® aposta na recuperação e aponta como único trilho a seguir, o da preservação.

A organização da prova manteve em área ardida os trilhos das provas, que se realizam entre 24 e 25 de setembro em Caminha, Ponte de Lima e Viana do Castelo, de forma a sensibilizar e consciencializar para a realidade do impacto dos incêndios na natureza. A prova principal de 53km, percorre 17km em zonas afetadas pelos incêndios numa chamada de atenção de que só se protege o que se conhece, de que é preciso divulgar para preservar.

Simbolicamente, no primeiro dia de provas (24 de setembro), vão ser plantadas pelos atletas e comunidade local mais de 1000 árvores autóctones da região. Este momento pretende alertar para a necessária reflorestação da sua herança natural.

“Este é um desporto que promove o respeito e comunhão com a natureza, percorrendo trilhos na mais exuberante paisagem e dando a conhecer a excelência da fauna e flora envolvente, os atletas do GTSA® vão percorrer caminhos optimizados, que incluem áreas ardidas e naturais, dando a conhecer a nova realidade da serra. O nosso intuito é o de sensibilizar para a causa ambiental e continuar a celebrar a beleza deste lugar”, explica Carlos Sá, ultrarunner e organizador do evento. 

A Serra D’Arga corresponde a um maciço granítico de 825m de elevação inserida nos concelhos de Caminha, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira. Compreende uma área total de 4493 ha, habitat natural de um importante conjunto de espécies, animal e vegetal, que permitiu a sua integração na Rede Natura 2000. Depois dos grandes incêndios de 2015 voltou este verão a ser consumida pelo fogo. 

Com um crescimento impressionante em anos anteriores, o GTSA® é uma das maiores provas nacionais de Ultra Trail, com participação dos maiores nomes da modalidade em Portugal e além fronteiras.

Na primeira edição contou com 750 participantes e em 2015 já teve 3000 inscritos. Neste momento estão inscritos para o GTSA® deste ano cerca de 2000 participantes de 10 nacionalidades.

O GTSA® reúne 1000 atletas na prova rainha de 53km (3000 D+) e na de 33km (1900 D+), ambas com partida na freguesia de Dem, em Caminha. Juntam-se-lhe uma prova de 13 km (600 D+) e outra de 23 km (1300 D+), com lugar na freguesia da Montaria e limite de 1000 atletas. 

O GTSA® inclui ainda um Km Vertical (4 km / 800 D+) até à Sra. do Minho, um Sunset de 17 km com vistas magníficas ao fim do dia, um Trail Jovem e uma Caminhada, para desfrutar da serra sem correrias.

Entre os vencedores anteriores conta-se em 2011, na primeira edição, Armando Teixeira, em 2012 e 2014 André Rodrigues, que vai tentar ser o primeiro atleta a fazer o Tri, e em 2013 e 2015 o atleta Nuno Silva.

Se a causa desportiva não fosse já por si suficiente, têm agora mais uma, a de preservação do nosso património florestal. Participem no Grande Trail da Serra D’Arga® e plantem uma árvore!



The sixth edition of the Grande Trail da Serra D’Arga® (GTSA) has a status of "Special Edition". The summer was hot and fires have left wounds across the country. The Alto Minho was no exception. But GTSA® is recognized to be an overshoot test, surpassing now also the general trend for the cancellation of events in burned areas. The GTSA® bet on the recovery and points to the only trail to follow, the preservation.

The organization of the race maintained the tracks in the burned area, that take place between 24 and 25 September in Caminha, Ponte de Lima and Viana do Castelo, in order to sensitize and raise awareness of the reality of the impact of fires in nature. The main event of 53km, runs 17km in areas affected by fires a reminder that only protects what is known, it is necessary to disclose to preserve.

Symbolically, the first race day (September 24), will be planted by athletes and the local community over 1,000 native trees of the region. This point is intended to alert to the necessary reforestation of their natural heritage.

"This is a sport that promotes respect and communion with nature, walking trails at the lush landscape and stating the excellence of the surrounding flora and fauna, the GTSA® athletes will travel thru optimized paths, including burnt and natural areas, making known the new reality of the mountain. Our aim is to raise awareness of the environmental cause and continue to celebrate the beauty of this place, "explains Carlos Sá, ultrarunner and event organizer.

Serra D'Arga corresponds to a granitic massif 825m of elevation inserted in the municipalities of Caminha, Ponte de Lima, Viana do Castelo and Vila Nova de Cerveira. Comprises a total area of ​​4493 ha, natural habitat of an important set of species, animal and plant, allowing their integration in Natura 2000. After the great fire of 2015 returned this summer to be consumed by fire.

With an impressive growth in previous years, the GTSA® is one of the largest national  Ultra Trail events, with participation of the largest trail names in Portugal and abroad.

The first edition had 750 participants and in 2015 had 3000 registrations. There currently are enrolled for this year's GTSA® about 2000 participants from 10 nationalities.

The GTSA® brings together 1000 athletes in the queen race of 53km (3000 D +) and 33km (1900 D +), both departing in Dem, Caminha. There join by a 13 km race (600 D +) and another 23 km (1300 D +), with place in Montaria and limit to 1000 athletes.

The GTSA® also includes a Vertical Km (4 km / 800 + D) to Sra. Do Minho a 17 km Sunset  with magnificent views of the end of the day, a Youth Trail and a walk to enjoy the mountain without running around.

Previous winners account in 2011 in the first edition, Armando Teixeira, in 2012 and 2014 André Rodrigues, who will try to be the first athlete to make the Tri, and in 2013 and 2015 the athlete Nuno Silva.

If the sporting reasons weren't sufficient in itself, now you have one more, the preservation of our forest heritage. Participate in the Great Trail of Serra D'Arga® and plant a tree!




Sem comentários: