19 de maio de 2017

theREDproject @RACE NATURE MONDIM DE BASTO

19.5.17


A primeira vez que me falaram no Race Nature Mondim de Basto, fiquei super entusiasmado, mas com algumas reservas, principalmente sobre se teria tempo de me preparar fisicamente para tal evento. Ora andava eu neste meu dilema quando o outro elemento da minha dupla decide submeter e pagar a minha inscrição para que eu não volte atrás com a decisão de participar! 


E assim, de um momento para o outro, vejo-me inscrito numa competição de 3 dias composta por um prólogo e duas etapas de montanha com um acumulado diário, superior a 2000 metros, coisa pouca!

Depois de uma longa viagem, em que pelo simples facto de levarmos um atrelado com bicicletas, a nossa viatura passou de classe 1 para classe 3 nas portagens, (pausa para digerir o dinheiro gasto), chegámos a Mondim de Basto por volta da hora do almoço. Como o prólogo só seria às 17h, decidimos ir almoçar a um restaurante local. Até aqui tudo bem, o problema foi quando decidimos beber vinho verde da região a acompanhar uma carne suculenta, mais uma vez, sem qualquer problema.




O problema só surgiu no fim da refeição quando olhámos para a quantidade de garrafas bebidas [e vou abster-me de dizer o numero], mas foram algumas... Que se lixe, ainda faltavam muitas horas para o prólogo de 6km, que mal poderia advir desde pequeno exagero... pois, pois.

Chegada ao Água Hotels Mondim de Basto ][e que hotel]!!! Com as condições e staff perfeitos para receber este evento e os seus participantes. Durante os 3 dias foram incansáveis em satisfazer as necessidades de todos e isso foi notório na satisfação de por quem lá passou. 




Quem também esteve de parabéns foi toda a organização Bike Treino! Nunca vi tamanha dedicação de todos, sem qualquer excepção. Dedicação essa notória nos abastecimentos, onde chegávamos, independentemente da classificação, retiravam a bicicleta das nossas mãos e nas mesmas colocavam tudo o que pedíssemos de alimentação e suplementação e no entretanto um mecânico oleava e afinava a bicicleta, um verdadeiro luxo! A simpatia e boa disposição era contagiante e nem mesmo o nosso cansaço era derrotado por ela...






No que diz respeito à vertente competitiva, foi a minha primeira vez a participar neste conceito de duplas e com navegação exclusiva por gps, adorei a experiência. No prólogo, muito por culpa das ultimas 2 semanas, em que o treino foi pouco ou inexistente e também devido a um almoço exagerado, as pernas não corresponderam nas subidas. Só comecei a notar francas melhorias depois da massagem desportiva de sábado, após a primeira etapa, o que ajudou a que na segunda etapa de domingo, a historia fosse completamente diferente.










Apesar da prova ser em duplas, no domingo tomámos a decisão de seguir mais ou menos em grupo durante a maior parte do percurso e isso foi visível no andamento e devo pessoalmente dizer, foi muito mais divertido!!!

As paisagens durante os 3 dias foram de cortar a respiração!!! Sim porque apesar do desgaste físico, ainda consegui apreciar devidamente a paisagem, as quedas de água, os trilhos repletos de vegetação e a subida à Senhora da Graça. UAU!!! Que subida e que vista do alto!!!







Outro factor determinaste e na minha opinião marcante em relação a outros eventos, foi a colocação da linha de meta mesmo em frente ao hotel. Acabar as etapas, fisicamente desgastados e poder deixar a bicicleta num parque fechado onde nos dizem " agora é connosco, só precisa de a vir buscar amanhã de manhã para a partida da próxima etapa." é qualquer coisa de impagável. As nossas bicicletas são lavadas, reparadas, se for o caso e devidamente arrumadas até ao dia seguinte e nós só nos temos que nos preocupar em caminhar para o nosso quarto e iniciar a recuperação para o dia seguinte. 




Muitos parabéns ao João Cabreira, não só pelo seu aniversário no sábado mas também pela excelente organização e muitos parabéns a toda a equipa que o rodeou e que nunca deixou que nada faltasse aos ciclistas e respectivos acompanhantes.

Pessoalmente queria deixar o meu agradecimento a todos os M@ausF3itios by theREDproject, primeiro por me lançarem o desafio de participar e em segundo por toda a boa disposição e camaradagem desde o primeiro momento. Obrigado Jorge, Marco, Nuno, Pedro Lin, Pedro Marques, Rui e Luis, foi um fim de semana fantástico!!!

Um último agradecimento ao João Serralheiro da Lima & Limão, Cycling Services, por me ter disponibilizado uma bicicleta de roda 29 em tão curto espaço de tempo, sem ela, muito dificilmente teria terminado o Race Nature Mondim de Basto.












The first time I was told about Race Nature Mondim de Basto, I was very enthusiastic, but with some reservations, mainly about whether I would have time to physically prepare for such an event. Now I was in this dilemma when the other element of my duo decides to submit and pay my registration so that I do not go back with the decision to participate!

And so, from one moment to the next, I find myself enrolled in a 3-day competition composed of a prologue and two mountain stages with a daily accumulation, over 2000 meters, peanuts!

After a long trip, and the simple fact that we took a bicycle trailer, our car went from class 1 to class 3 on the tolls (pause to digest the money spent), we arrived in Mondim de Basto around lunch time. As the prologue would only be at 5:00 pm, we decided to go to a local restaurant for lunch. So far so good, the problem was when we decided to drink green wine from the region to accompany a juicy meat, again, without any problem.

The problem only arose at the end of the meal when we looked at the amount of bottles drinks [and I will refrain from saying the number], but there were some ... The hell with it, we were still many hours away from the 6km prologue, what harm could come from a small exaggeration ... ye right!

Arrival to Água Hotels Mondim de Basto] [and what a hotel]!!! With the perfect conditions and staff to receive this event and its participants. During the 3 days they were relentless in satisfying the needs of all and this was notorious in the satisfaction of those who passed there.

Who also has to be congratulated is the entire Bike Training organization! I have never seen such dedication of all, without exception. This dedication was notorious in the feeding zones, where we arrived, regardless of classification, took the bike out of our hands and put everything we asked for from food and supplementation and in the meantime a mechanic would oil and tune the bike, a real luxury! The sympathy and good disposition was contagious and not even our fatigue was defeated by her...

As far as the competitive aspect was concerned, it was my first time participating in this concept of teams of 2 and with exclusive navigation by GPS, I loved the experience. In the prologue, much because of the last 2 weeks, in which the training was little or nonexistent and also due to an exaggerated lunch, the legs did not correspond in the climbs. I only started to notice improvements after Saturday's sporting massage, after the first stage, which helped that in Sunday's second stage, the story was completely different.

Although the race was in doubles, on Sunday we made the decision to follow more or less in group for most of the course and this was visible in the progress and I must personally say, it was much more fun!!!

The landscapes during the 3 days were breathtaking!!! Yes because despite the physical wear and tear, I still managed to appreciate the landscape, the waterfalls, the trails full of vegetation and the climb to Senhora da Graça. What a climb and what a view from the top!!!

Another determining factor and in my opinion striking in comparison to other events, was the placement of the finish line just in front of the hotel. Finishing the stages, physically worn out and leaving the bike in an enclosed park where they tell us "now it's up to us, you just need to come and pick it up tomorrow morning for the next stage to start." Is anything priceless. Our bikes are washed, repaired if necessary and properly tidied up the next day and we only have to worry about walking to our room and starting the recovery for the next day.

Many congratulations to João Cabreira, not only for his birthday on Saturday but also for the excellent organization and many congratulations to all the team that surrounded him and that never left anything lacking to cyclists and their companions.

Personally, I would like to thank all the M@ausF3itios by theREDproject, first for setting the challenge to participate and secondly for all the good mood and camaraderie from the first moment. Thank you Jorge, Marco, Nuno, Pedro Lin, Pedro Marques, Rui and Luis, it was a fantastic weekend !!!


A final thank-you to João Serralheiro da Lima & Limão, Cycling Services, for having made available a 29-wheeled bicycle in such a short time, without it, would hardly have finished the Race Nature Mondim de Basto.

Sem comentários: