2 de março de 2018

REVIEW | CAT S60

2.3.18


Hoje em dia, uma das minhas maiores preocupações, enquanto amante de desportos extremos, passa por não perder o contacto com a familia, enquanto pratico o meu desporto favorito.


Traduzindo... Praticar desporto, em condições muita vezes adversas e não me preocupar com o smartphone, se este se molha, se apanha lama, se cai ao chão, as situações de risco são tantas que se formos a pensar em todas, enlouquecemos. 

"Podes simplesmente deixar o telefone em casa!" Pois podia... mas isso era antes de ser pai. Hoje não dispenso o facto de estar sempre contactável e depois temos a questão da segurança, infelizmente os acidentes acontecem e nestes casos o smartphone, pode ser preponderante entre a vida e a morte. 

Quando me perguntaram se queria testar o Cat S60 pensei imediatamente em todas as situações de risco durante uma volta de bicicleta. Pegar num smartphone e simplesmente coloca-lo no bolso da camisola sem quaisquer preocupações, foi no mínimo estranho, mas foi isso mesmo que fiz. Este smartphone é capaz de suportar uma profundidade de até 5 metros durante uma hora e os botões físicos podem ser usados debaixo de água, para ser possível tirar fotografias e fazer vídeos. Pedalar debaixo de chuva torrencial foi uma brincadeira de meninos, cair ao chão ou numa poça de lama, não surtiu quaisquer efeitos sobre este smartphone.



Mas a característica mais original do Cat S60 é a sua microcâmara térmica Lepton com tecnologia FLIR, capaz de detetar o calor invisível ao olho humano e mostrar as temperaturas através de contraste de cor. Isto significa que os utilizadores do Cat S60 são os primeiros do mundo a poderem usar o seu smartphone para detetar percas de calor em portas e janelas, fugas de humidade e problemas de isolamento, identificar circuitos e eletrodomésticos em sobreaquecimento e ainda, a ver na escuridão total. Esta funcionalidade é oferecida através da aplicação desenhada especificamente pela MyFLIR, que permite a captura e análise das imagens térmicas.




Para os ciclistas, numa época em que tanto se fala em doping mecânico, este smartphone é perfeito para detectar motores dentro dos quadros das bicicletas e ver se o nosso companheiro de voltas é de facto um atleta fora de série ou um engenhoso ser humano.

Deixar como ultimo apontamento a durabilidade da bateria, que com um uso sem ser demasiado abusivo, nas minhas mãos durava em média 3 dias, sem qualquer carga. Apesar de ser um utilizador Apple no meu dia-a-dia, tenho de admitir que este Cat me trocou as voltas.



Nowadays, one of my biggest concerns, as a lover of extreme sports, is that I do not lose contact with my family while I practice my favorite sport.

Translating... Practice sports, in very adverse conditions and do not worry about the smartphone, if it gets wet, if it picks up mud, if it falls to the ground, the risk situations are so many that if we think of all, we go crazy.

"You can just leave the phone at home!" I could ... but that was before I was a father. Today I do not dispense being always contactable and then we have the question of security, unfortunately accidents happen and in these cases the smartphone can be preponderant between life and death.

When I was asked if I wanted to test the Cat S60 I immediately thought of all the dangerous situations during a bicycle ride. Picking up a smartphone and simply putting it in my jersey pocket without any worries, was at the very least odd, but that's exactly what I did. This smartphone is capable of supporting a depth of up to 5 meters for one hour and the physical buttons can be used underwater to be able to take pictures and make videos. Pedaling under torrential rain was a kids game, falling to the ground or a puddle of mud, did not have any effects on this smartphone.

But the most original feature of the Cat S60 is its Lepton thermal microcamera with FLIR technology, capable of detecting heat invisible to the human eye and displaying temperatures through color contrast. This means that Cat S60 users are the first in the world to use their smartphone to detect heat losses on doors and windows, moisture leaks and insulation problems, identify overheating circuits and appliances, and see in the dark total. This functionality is offered through the application specifically designed by MyFLIR, which allows the capture and analysis of thermal images.

For cyclists, at a time when there is so much talk about mechanical doping, this smartphone is perfect for detecting motors inside the bike frames and see if our touring buddy is indeed an outstanding athlete or an ingenious human being.

Leave as last point the durability of the battery, which with a use without being too abusive, in my hands lasted on average 3 days, without any charge. Despite being an Apple user in my day-to-day life, I have to admit that this Cat has turned me around.



Sem comentários: