ride • run • eat • drink
granfondorideroadbike

GRANFONDO TORRES VEDRAS MONTEJUNTO

Mais de dois anos passaram desde a última participação num evento desportivo, mais de dois anos ansiosamente a aguardar por voltar a sentir este nervoso miudinho de estar na linha de partida para um Granfondo rodeado por milhares de outros ciclistas.

No dia 24 de Abril, véspera de um dos mais importantes feriados nacionais, foi dia de finalmente participar no Granfondo Torres Vedras Montejunto. Evento com partida e chegada na cidade de Torres Vedras, uma cidade com forte tradição ciclista e berço de uma lenda do ciclismo português – Joaquim Agostinho.

O dia começou às 5h da manhã porque decidi que iria para a prova no próprio dia e queria chegar cedo para ter tempo de fazer a acreditação. Felizmente a previsão de chuva não se veio a concretizar e o dia acabou por ser de sol e temperaturas amenas.

Tiro de partida e… saiu tudo a voar e o resultado foi uma média superior a 40 kms por hora só na primeira hora e meia deixando-me assim ligeiramente cansado para enfrentar as duras rampas de Montejunto com inclinações de 11,3%. Apesar de tudo a força estava lá e as rampas foram enfrentadas de cabeça erguida e moderadamente superadas.

Mais uma vez os abastecimentos sólidos e líquidos foram irrepreensíveis e o único problema foi arranjar coragem para de lá sair sem comer de tudo um pouco.

A Serra de Montejunto foi uma agradável surpresa no que a paisagem diz respeito, apesar de estarmos num meio relativamente urbano, à medida que nos aproximávamos do seu ponto mais alto vimos a paisagem mudar para uns tons onde o verde era a cor predominante.

Conquistado o prémio de montanha de 2ª categoria foi tempo de desfrutar de uma longa descida seguida de um sobe e desce constante até à linha de meta do Medio Fondo.

No final foram 105 kms com 1369m de desnível acumulado a uma média de 31,7 km/h, que se traduziram em uma manhã super divertida.

No dia 22 de Maio estarei na partida do Granfondo Médio Tejo para participar em mais uma organização da Cabreira Solutions e assim ficar a melhor conhecer as estradas de Tomar e Ferreira de Zêzere. Venham também que eu prometo que não se vão arrepender!

 

 

More than two years have passed since my last participation in a sporting event, more than two years anxiously awaiting like a nervous little kid to be on the starting line for a Granfondo surrounded by thousands of other cyclists.

On the 24th of April, the eve of one of the most important portuguese holidays, became the day to finally participate in the Granfondo Torres Vedras Montejunto. Event with departure and arrival in the city of Torres Vedras, a city with a strong cycling tradition and birthplace of a legend of Portuguese cycling – Joaquim Agostinho.

The day started at 5:00 am because I decided that I would go to the event on the same day and I wanted to arrive early to have time to do the accreditation. Fortunately, the rain forecast did not materialize and the day turned out to be sunny and mild temperatures.

Starting shot and… everything went flying and the result was an average of over 40 kms per hour in just the first hour and a half, leaving me slightly tired to face the tough slopes of Montejunto with slopes of 11.3%. In spite of everything, the strength was there and the ramps were faced head-on and moderately overcome.

Once again, the solid and liquid supplies were impeccable and the only problem was finding the courage to leave without eating a little bit of everything.

Serra de Montejunto was a pleasant surprise as far as the landscape is concerned, despite being in a relatively urban environment, as we approached its highest point we saw the landscape change to tones where green was the predominant color.

Having overcome the 2nd category mountain award, it was time to enjoy a long descent followed by a constant up and down to the finish line of the Medio Fondo.

In the end, there were 105 kms with 1369m of accumulated at an average of 31.7 km/h, which resulted in a super fun morning.

On the 22nd of May I will be at the departure of the Granfondo Médio Tejo to participate in another Cabreira Solutions organization and thus get to know the roads of Tomar and Ferreira de Zêzere better. Come too, I promise you won’t regret it!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.